O Bom de Viver.com.br

Início » Auto conhecimento » Ser Diferente é Fazer diferença? Visão de Mundo

Ser Diferente é Fazer diferença? Visão de Mundo

Agende Seu Horario

setembro 2013
D S T Q Q S S
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

pessoas diferentesVejo muitas pessoas dizendo que o mundo mudou, que nos tempos de hoje as coisas pioraram muito.

Será que o mundo nas questões de relacionamento entre as pessoas mudou mesmo? Ter padrão é o padrão.

A liberdade de expressão, movimentos para quebrar paradigmas, as diversas crenças, o pensar diferente e a busca de viver as diferenças talvez seja o motivo desses pensamentos tão rígidos.O diferente se destaca e muitas vezes incomoda pois tendemos repetir padrões e crenças.

A previsibilidade traz segurança porém empobrece pois restringe a nossa visão de mundo. Acabamos preconceituosos e limitados. Na natureza observamos um exemplo disso,”os protozoários sendo unicelulares reproduz de forma assexuada, são totalmente independentes no momento da reprodução se dividem em dois , não há recombinação genética o que com o tempo leva a degeneração da espécie”. A raça humana precisa de “todos”, somos seres gregários.

Hoje a pluralidade de pensamentos , estilos, comportamentos, padrões diversos menos engessados, mudou o estilo de visão do mundo. Antes o diferente era punido, hoje muitas vezes criticado. Diante do medo de ser discriminado, julgado pelo olhar do outro reprimimos nossa autenticidade e desejos que nos preenchem a vida.

Mudar o olhar diante dos fatos e pessoas, apreciar novos sabores, mudar a rotina dos nossos costumes, apreender coisas novas é uma oportunidade  para vislumbrar as possibilidades que o mundo comtemporanêo  nos traz.

Aprender com o antigo e se abrir para o novo. Que sentido tem mantermos um olhar limitado do mundo?

A beleza das diferenças  nos abre para a realização e o respeito ao outro porém anda de mãos dadas com a intolerância de muitos.

Uma mulher que sai sozinha para bares, restaurantes, boates, ainda é alvo de críticas e desrespeito, o homem que tem uma relação estreita com outro homem é chamado de homossexual.O homossexual ao viver suas relações afetivas em público é alvo de “caras e bocas,” e assim caminha a humanidade perpetuando crenças e preconceitos.Cabe aqui dizer que a homofobia é algo desprezível.

Jesus, para os que acreditam Nele, vem na contramão de tudo isso ao conviver com todos como iguais e ao quebrar costumes e crenças.

O mundo mudou quando percebemos que hoje podemos ser mais coerentes e autênticos com nossas idéias e desejos. Para os que respeitam as diferenças, que fazem diferente, para os inusitados, criativos, que conseguem sustentar suas escolhas, para os corajosos, os que têm auto estima.

Auto estima é sinônimo de coerência consigo mesmo, capacidade de lidar com frustrações, saber dizer não, admirar a si próprio sem se comparar com o outro. Ser autêntico.

Como diz Eugênio Mussak,educador e escritor-” A troca favorece.Ficar preso em uma cultura única, abster-se de ver o outro, de tentar entender o diferente, negando o valor do semelhante que nem é tão semelhante assim, empobrece, emburrece , diminui.”

Conviver somente com  iguais passa pela “ignorância”, procurarmos aprender com o outro, juntarmos aos diferentes, constrói novas perspectivas de vida.Encurta distâncias, promove aprendizagem e relações mais sadias.

Nas relações afetivas cria vínculos duradouros, crescimento dos pares, aprimora o amor e o autocrescimento.


Muito obrigado pelo seu comentário, é sempre bom uma sugestão para novas matérias.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CLIK PARA VER OS POSTS

%d blogueiros gostam disto: