O Bom de Viver.com.br

Início » ENTREVISTAS

Arquivo da categoria: ENTREVISTAS

Visite o blog- Orientações Psicologicas

image

Psicologia & Coaching – Fique por Dentro

image

Para Onde Ir? Teste Vocacional.

imageNo processo de Orientação Vocacional é possível ter uma assessoria psicológica para:
Conhecer-se melhor (sua personalidade, suas aptidões, etc.);
Refletir sobre os fatores que estão envolvidos no processo de sua escolha;
Informar-se sobre a realidade profissional;
Escolher sua profissão de forma orientada e consciente;
A Orientação Vocacional é útil não só às pessoas que estejam vivendo um conflito quanto à escolha de uma profissão, mas também a todas que se interessam em conhecer-se mais a fundo com a finalidade de utilizar esse conhecimento a seu favor em suas opções não só vocacionais/profissionais, mas na vida em geral.
Entre em contato conosco e agende o seu horário para uma primeira consulta.

Fonte:Cultura do Ser

Mineiros que Destacam-Arte com Plantas

imageFernando Faria, mineiro residente em Belo Horizonte fazendo arte com terrarium.

Conheci seu trabalho durante uma exposicao fechada para apreciadores de Tilandsias air plants, exclusividade do artista.

“Os terrariums sao   feitos com planters vivas , Suculentas e Tillandsias. As Tillandsias são mais conhecidas como Air Plants  Plantas raras e lindas. Captam nutrientes pelas folhagens e em época de floração se transformam desabrochando flores de rara beleza.
Com regas moderadas e ambientes bem iluminados, as Air Plants são ideias para a decoração de ambientes, agregando beleza, charme e um toque de sofisticacao”, Fernando Faria.

Fernando estudou artes e se dedica as plantas e flores, criou a empresa Plantarts voltada para a area de criacao e desenvolvimento de plantas                                          decorativas .

O  estilo  personalizado  esta chamando  a atencao do mercado de Belo Horizonte e de outros estados do Brasil.image

Fiquei encantada com o trabalho que vai ser lancado especialmente para o natal.

Mineiros  fazendo arte.

Fonte: planta.arts@gmail.com, 31998115136

 

 

Tragedia- Vale do RIO DOCE, RIO MORTO

HimageDepois da tragedia que acometeu  o município de Mariana, MG ,com o  rompimento das barragens da empresa Samarco o vale do Rio Doce está sendo destruído ao receber a lama tóxica .                                                          O sentimento é de uma tristeza profunda diante de um quadro devastador para o povo, meio ambiente e trabalhadore,nos tornamos vítimas impotentes.                           Minha história da infância até hoje foi construída às margens deste rio . Estou de luto.

Falar em Público – Socorro, Por que as pessoas temem tanto?

                                  Vida no trabalho

Falar bem em público é uma questão de prática. Para perder o medo, pare de fugir de apresentações

 

Falar bem em público é uma questão de prática. Para perder o medo, pare de fugir de apresentações.

Saber se comunicar passou a ser um dos requisitos básicos para quem deseja uma promoção, se destacar em uma entrevista, vender um produto ou apenas manter o emprego atual. Falar com desenvoltura em público e fazer boas apresentações é uma técnica que se aprende. E mesmo os mais tímidos podem se sobressair e impressionar chefes, clientes e colegas.

De olho nesse nicho, há várias empresas e especialistas que ensinam estratégias e dão dicas de como fazer uma boa apresentação. “Falar em público é fundamental para qualquer profissional, independentemente da área de atuação. Ao usar a palavra e argumentar de forma correta, o profissional passa uma imagem positiva que fortalece sua carreira”, afirma Roberta Andrade, da ACT Comunicação.

Além de falar com segurança, outras habilidades são importantes: como saber usar a expressão corporal, cuidados com a voz, entonação, vestimenta, saber usar recursos audiovisuais e capacidade de organizar ideias e dados.

Reinaldo Polito, professor de expressão verbal, palestrante e escritor, explica que, durante a carreira, não há como escapar de fazer apresentações. “Quanto mais elevada for sua posição hierárquica, mais precisará usar a comunicação. Terá de participar de reuniões, apresentar projetos, discutir propostas, motivar equipes e tantas outras atividades que dependem da expressão verbal”.

De acordo com os especialistas, qualquer pessoa pode superar as dificuldades e aprender a falar com segurança. Polito explica que o o medo de falar em público ocorre por quatro motivos essenciais, possíveis de controlar: “Falta de conhecimento sobre o assunto, de ordenação didática do pensamento, não ter prática e experiência no uso da palavra em público e falta de autoconhecimento”, lista ele.

Para Fernando Pereira de Jesus, diretor do Instituto Fale Bem, fazer uma boa apresentação é uma questão de experiência. “As pessoas não sabem se comunicar porque fugiram das oportunidades ao longo de suas vidas. Quando tinha que apresentar um trabalho na escola, na faculdade e no ambiente profissional, preferiram que um colega apresentasse o projeto”, diz ele. “Quanto mais a pessoa falar, mais destreza adquire”.

 

Dez dicas para lidar com o nervosismo nas apresentações em público

1. Deu branco: use recursos para se apoiar, como a apresentação no Power Point ou um roteiro impresso com palavras-chave. “Se uma apresentação é feita apenas verbalmente, depois de três dias os ouvintes se lembrarão de apenas de 10% do que foi transmitido. Se for feita com auxílio de recursos visuais, depois de alguns dias, os ouvintes se lembrarão de 65% da mensagem. Só devemos tomar cuidado para não abusar dos recursos visuais ou ficar lendo o tempo todo”, explica o professor Reinaldo Polito.

2. Memorização: Redija o texto para cada tela do Power Point, ensaie, depois deixe o texto de lado e treine sem olhar para a tela. Quando surgir o slide, o orador deve saber o que falar. “Familiarize-se com cada lâmina para evitar os brancos”, diz Fernando, do Instituto Fale Bem.

 

3. Treine em voz alta: “Para aproveitar bem a voz, é preciso pronunciar bem as palavras”, diz Polito. Leitura diária em voz alta de textos de jornais, revistas ou livros pode ajudar a melhorar a pronúncia e a respirar melhor, segundo ele. “Ao ler em voz alta, repita as palavras que achar mais difíceis ou que se repetem no texto. Ao pronunciar os verbos, enfatize bem as letras R ao final das palavras”.Veja o que a sua mesa de trabalho diz sobre você e seu futuro profissional7 fotos

 

8. Cuidado com a monotonia: a entonação e o volume da voz são fatores importantes para uma boa comunicação. A pessoa que fala muito baixo e numa mesma entonação torna a apresentação monótona. “É importante usar volume de voz suficiente para que todos possam ouvir bem. Mas a pessoa deve alternar o volume e a velocidade da fala para que o ritmo seja sempre agradável e motivador”, afirma Polito.

9. Expressão corporal: os dois maiores defeitos da gesticulação são a falta e o excesso de gestos, sendo que o excesso costuma ser mais grave do que a falta. Polito afirma que, de maneira geral, a pessoa deve evitar falar o tempo todo com as mãos nos bolsos, com os braços nas costas ou cruzados na frente do corpo em posição defensiva. “É preciso evitar, também, ficar apoiado de maneira desleixada sobre uma das pernas ou mantê-las muito abertas ou muito fechadas”.

10. O início da apresentação é o momento mais delicado: para contornar esses difíceis instantes iniciais, a pessoa deve começar a falar um pouco mais devagar e mais baixo para não deixar que sua instabilidade seja projetada. “Se a pessoa levou algumas anotações, arrume os papéis sem pressa. Ajeite sem precipitação a altura do microfone. Cumprimente uma a uma as pessoas que compõem a mesa diretora. Deixe as mãos sobre a mesa ou a cadeira para não permitir que o tremor seja percebido. Todos esses cuidados são importantes para conquistar um pouco mais de confiança”, afirma Polito.

Patrícia Ribeiro

NOVA VIDA

Barcelona é um dos destinos que mais amei fazer. É pura cultura a céu aberto. A cidade é linda, o mar maravilhoso . A gastronomia é excelente podemos apreciar pratos de frutos do mar, cordeiro e carne bovina deliciosa. Os Tapas( pequenos petiscos típicos espanhois) são uma delicia, feitos sob medida para o cliente.

DULCE MUDANZA

HOLAAAAAAAAAAAAAA!!! Estamos vivas!!! E do outro lado do Oceano Atlântico 🙂

Então como estavamos nos mudando e tudo mais, o blog ficou “meio” (muito kkkk) desatualizado…

Para quem não sabe estamos morando agora aqui em Barcelona, e quando o castelhano estiver afiado vamos fazer postagens em nossa nova língua também!

Vou mostrar alguna pontos turísticos da ciudad a vosotros jejejeje

Porto

IMG_3744

Do porto temos umas vista maravilhosa da Torre Agbar Do porto temos umas vista maravilhosa da Torre Agbar

Parque Güell

Famoso por ter sido desenhado pelo arquiteto Antonio Gaudí

IMG_3815

IMG_3826

IMG_3801

Outro ponto que chama a atenção dos turistas pelas obras de Gaudí é a Casa Batlló…

IMG_3861

IMG_3860

… eee a obra que vem em seguida, que foi começada por Gaudí e com previsão de ser terminada só em 2028 é a grande Igreja Sagrada Familia

IMG_3839

IMG_3840

Museu  de ciência Cosmo Caixa

Se você não é muito fã de museu, vai amar este!! É extremamente interativo, passamos muitas horas lá dentro, pois…

Ver o post original 30 mais palavras

Livro: Você Vai Gostar!

tdah infantilLivro: Sonho Grande.

Comentário de Cliente- Como a Terapia de Casal pode Ajudar?

  1. 116790_Papel-de-Parede-Casal-Romantico_1280x1024Renato Gomes

    Muito bom o artigo.
    Entendo a terapia de casal como uma ferramenta a ser utilizada para melhor entendimento da situação. Este melhor entendimento ajudará nas tomadas de decisões pelo casal. Não se deve colocar a expectativa de que a terapia de casal irá resolver os problemas. Ela, sim, aumentará a base de informações para que o casal tome as decisões que melhor lhe convierem de forma mais consciente. Estas decisões, podem ser tanto para um melhor convívio junto, como também separado.
    Esta “ferramenta” deve ser utilizada adequadamente e o processo não deve ser interrompido, mesmo que haja um maior desgaste nos primeiros meses. São os meses em que a realidade começa a ser vista de forma diferente pelos dois. Há a necessidade de se querer encará-la! Seria como arrumar um armário: Primeiro tiramos tudo, fazemos uma bagunça no quarto todo, depois limpamos e, só então, após jogarmos o que não vale nada fora, colocamos as coisas nos seus devidos lugares.
    Vale à pena investir no relacionamento!!

CLIK PARA VER OS POSTS

Selecionar categoria
Artes
Atividade Voluntária
Auto conhecimento
COACHING
Coaching Vida
Crônicas
Cultura/Artes/Livros
Desenvolvimento Pessoal
Ecologia
ENTREVISTAS
ESPIRITUALIDADE
Férias
FILMES
fisioterapia
Fotografia
Fotos
Frases
Hipnose
hipnose
Histórias
LIVRO
livros
Medicina
MONOGRAFIA
namoro
neurociência
neurociência
Neurociemcia
Pesquisa
Política
política
PSICLOGIA
psicologa
PSICOLOGIA
psicologia
Relações Afetivas
relações interpessoais
Relacionamento afetivo
Relaionamento Afetivo
Relaxamento
SAÚDE
Sem categoria
Sexualidade
STRESS
Stress no Transito.
terapia cog
terapia coginitiva
TERAPIA COGNITIVA
TERAPIA COGNITIVA
Terapia Cognitiva
Tese
Viagens

Você Sabia? Vamos Descobrir Juntos, Nova Iorque.

Os duendes do WordPress.com prepararam para este blog um resumo de 2014

 

Um comboio do metrô de Nova Iorque transporta 1.200 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 5.000 vezes em 2014. Se fosse um comboio, eram precisas 4 viagens para que toda gente o visitasse.

Clique aqui para ver o relatório completo

%d blogueiros gostam disto: