O Bom de Viver.com.br

Início » Posts etiquetados como 'alma'

Arquivo da tag: alma

TRABALHO & AMOR- Como Evitar O Adoecimento No Trabalho?

trabalho “E todo conhecimento é vão; exceto quando há trabalho; e todo trabalho é vazio; exceto quando há amor; e quando vocês trabalham com amor vocês se unem a si próprios, e uns aos outros, e a Deus.”

…Então um lavrador disse [ ao Profeta ] : “Fale sobre o Trabalho.”

E ele respondeu dizendo:

“Vocês trabalham para manter-se em contato com o ritmo da terra e a alma da terra.

Porque ser preguiçoso é estar afastado das quatro estações e separar-se da marcha da vida, que avança com orgulhosa submissão, majestosamente, no rumo do infinito.

Quando vocês trabalham, são como uma flauta através de cujo interior o murmúrio das horas é transformado em música.

Quem de vocês gostaria de ser um junco, surdo e silencioso, quando todos os outros cantam juntos em harmonia?

Vocês sempre ouviram dizer que o trabalho é uma maldição, e o esforço, uma infelicidade.

Mas eu digo que quando trabalham vocês cumprem uma parte do sonho mais elevado da terra, destinada a vocês quando aquele sonho nasceu.

E, sustentando-se graças ao esforço, vocês estão, na verdade, amando a vida.

E amar a vida através do trabalho é estar interiormente ligado ao mais íntimo dos segredos da terra.
Mas se em seu sofrimento vocês chamam o nascimento de aflição, e consideram o ato de sustentar a vida como uma maldição escrita em suas testas, eu respondo que só o suor dos seus rostos lavará e apagará aquilo que está escrito.

Disseram a vocês que a vida é escuridão; e, no seu cansaço, vocês repetem aquilo que os cansados disseram.

E eu digo que a vida é, de fato, escuridão, exceto quando há um impulso, e que todo impulso é cego; exceto quando há conhecimento.

E todo conhecimento é vão; exceto quando há trabalho; e todo trabalho é vazio; exceto quando há amor; e quando vocês trabalham com amor vocês se unem a si próprios, e uns aos outros, e a Deus.

E o que é trabalhar com amor?

É fazer o tecido a partir de fios que saem do seu coração, como se a pessoa que vocês mais amam fosse usar aquela roupa.

É construir cada casa com afeto, como se o ser amado fosse viver ali.

É plantar sementes com ternura, e fazer a colheita com alegria, como se a pessoa mais amada fosse comer os frutos.

É colocar em todas as coisas que vocês produzem o alento do seu próprio espírito, e saber que os mortos abençoados estão em torno de vocês, e observam o seu esforço.

Ouço com frequência vocês dizerem, como se falassem durante o sono: “Aquele que trabalha com mármore, e encontra na pedra a forma da sua própria alma, é mais nobre que aquele que lavra o solo. E aquele que captura o arco-íris e o coloca na roupa dos seres humanos é melhor que aquele que produz as sandálias para os nossos pés.”

Mas eu digo – não adormecido, e sim com a extrema lucidez da hora do meio-dia – que o vento não fala com mais ternura para os carvalhos gigantescos do que para a menor das folhas de erva.

E grande é apenas aquele que transforma a voz do vento em uma canção mais doce, através da sua própria capacidade de amar.

O trabalho é amor feito visível.

E se vocês não puderem trabalhar com amor, mas somente com desgosto, será melhor que abandonem seu trabalho e se sentem à porta do templo, e que peçam esmolas daqueles que trabalham com um sentimento de felicidade.

Pois se prepararem o pão com indiferença, vocês farão um pão amargo que só eliminará metade da fome do ser humano. E se espremerem a uva com má vontade, a má vontade estará presente no vinho como um veneno. E ainda que cantem como anjos, se não amarem o ato de cantar, estarão tapando os ouvidos das pessoas, e elas não poderão ouvir as vozes do dia e as vozes da noite.

linha
– See more at: http://www.antroposofy.com.br/wordpress/o-trabalho-e-o-amor/#sthash.InFYBO8V.dpuf

Sonhos.Qual o Papel dos Sonhos?

            Bem antes da psicologia surgir,  Platão
 sonhos2
 já compactuava com Freud e outros quanto o papel dos sonhos como fonte de realizacão de desejos..…”revolvem-se nos sonhos, quando a parte mais gentil da alma adormece e cessa o controle da razão; então, a besta feroz que habita dentro de nós, pletórica de carne ou bebida, agita-se e abala o sono, indo, vigilante, em busca do que possa satisfazer seus próprios instintos. Como sabeis, afugentará todo o pudor e prudência, nada podendo detê-la. Na fantasia, não recuará ante a cópula com uma mãe ou seja quem for, homem, deus ou fera, ou o alimento proibido, ou um ato sanguinário. Numa palavra percorrerá qualquer extensão de despudor e loucura
A República de Platão.
Edição da Oxford University, New York, 1945

Ciúme. Como Lidar Com Ele?

jovens ciumes

Dois são os motivos por que estou contigo: porque te amo e porque não tolero perder-te.Meu amor acabou e por isso só resta o outro motivo. Não suporto imaginar-te em outros bracos, teu rosto relaxado depois de fazer amor, que rias, que gozes do mesmo modo que o fazes comigo. Mission’rio de uma causa medíocre-, me pergunto se além disso quero alguma coisa de ti.. Por que motivo não tolero perder-te? Será tão alto teu valor? A resposta é simples – outro a teu lado me reduz a nada. Então só te necessito para que teu ser garanta o meu e perder-te é, de alguma forma, perder-me. Estranho pacto; porque o firmei? Sinceramente não sei, como também ignoro quando vai acabar…… O pior é que sabes disso. Debochas da minha prisão. Gozas a minha liberdade condicional. Sei que um dia serei livre; só estou esperando que prometas e cumpras: nunca amarás outro. Prometes?

A sexualidade é poligâmica embora nossa sociedade seja monogâmica daí a existência do ciúme, diz Alberto Goldin. Este tipo de ciúme comum nas relacões  é voltado mais para a questão da “fidelidade”, respeito, ligado ao amor erótico.

Quando se trata de ciúme patológico, onde o ser amado se perde na identidade do outro como no conto acima, o amor se torna uma prisão e fonte de sofrimento para o casal .

Os grandes amores são para os ciumentos a fonte geradora da paixão onde ele se embebeda do “outro” de uma forma narcísica, perdendo sua referência e fazendo do “outro” seu espelho. Ao se deparar com a perda se esvai, pois somente existe enquanto ser amado que é.

O ciumento é per si inseguro, sem referência própria do seu ego, perde sua identidade e assume a identidade do ser amado ou seja ao relacionar afetivamente não consegue separar o ser amado,objeto do seu amor de si .

Ao se perder de si, busca antes de tudo não só recuperar o ser amado mas a si mesmo. Quando se sente sozinho se sente abandonado.

Para o ciumento nunca haverá provas suficientes que o tranquilize pois ele não sofre as dores do amor atual; mas as dores de sua alma que padece por não conseguir se achar, perdeu sua forma , sua referência, seu espelho.

Sua autonomia está abalada, precisa ser elaborada, carece de crescimento psíquico, afetivo e emocional.

O ciumento é antes de tudo um ser que se perdeu de si.

Mente & Cérebro . Como Desenvolver Suas Potencialidades?

images

Na antiguidade os filósofos acreditavam que as emocões estavam ligadas a alma, hoje no mundo comtemporanêo tudo acontece a nível cerebral ou seja as emocões estão ligadas no hipotálamo, no sistema límbico do cérebro.Mente e alma ou seja o que é metafísico se manifesta na mente/ alma,parte imaterial.

Mas o que é mente e cérebro? Mente é onde aloja nossas emocões,sentimentos, nossa capacidade de sensibilizar diante da vida. Cerébro é o que aloja nossa caixa craniana onde todas as conexões neurais e estruturas se interligam , é a parte “física”,material.

Acredita se hoje que a mente ou seja a alma seja uma manifestacão do corpo que seria o cérebro.

A neurociência é a ciência que estuda as bases neurais da atividade psicológica, denominda neurociência cognitiva. Com o avanco da neurociência surgiram novos questionamentos científicos com relacão das bases neurais da atividade psicológica e do cérebro.

A evidências de que a interacão entre mente e cérebro seja de mão dupla.Ou seja: a mente pode alterar a própia química do cérebro, como acontece na metidacão.(Revista ,Vida Simples.Outubro 2012/Ed. 123)

Será que todos os nossos comportamentos são determinados pela bioquímica do cérebro? Somo donos dos nossas vidas, temos livre arbítrio? Se somos comandados somente pelo cérebro qual o papel da psicologia e das relacões humanas?

É certo que o hormônio ocitocina, por exemplo, estreita a relacão do corpo e da mente pois age nas emocões, na autoconfianca, na área sexual , parto.A neurociência fornece verdades gerais sobre o funcionamento do cérebro , muitas vezes com ajuda de imagens pois ela comprova que há uma correlacão entre uma emocão e uma substância específica ligada a essa emocão no cérebro, o que mostra uma ligacão entre as as duas variáveis sem contudo ser causa e consequência.

Podemos tomar um medicamento psiquiátrico como antidepressivo, ansiolítico eles aliviam o sintoma, porém não mudam o comportamento.”Ë preciso identificar as causas da depressão ,que em geral não estão apenas em um desequilíbrio químico cerebral mas também em fatores ambientais e no histórico de vida da pessoa”,ilustra Teixeira em Filosofia do Cérebro.Podemos escanear o cérebro de alguém, como os grandes líderes, seria possível explicar suas forcas políticas,religiosas? Poderiam ter características específicas mas com certeza têm suas peculiaridades próprias de suas vivências.

O importante é acabarmos com o preconceito com relacão ao uso de medicamentos e a prática da terapia para melhorarmos nossa saúde e qualidade de vida.

A neurociência é fundamental para o avanco da psiquiatria e psicologia ou seja da ciência,” como sugeriu Vylanour Ramachandran, a heranca platônica que nos vê apenas como uma alma aprisionada no corpo tende a acabar” ,estaria aberto a interface entre a fisiologia e a psicologia.

É importante essas duas ciências caminharem juntas pois ainda a subjetividade acontece a nível de significados, não há como medir sentimentos.

%d blogueiros gostam disto: