O Bom de Viver.com.br

Início » Posts etiquetados como 'hormônios'

Arquivo da tag: hormônios

Dicas de Saúde

saude

Dicas de Saúde.

Como Melhorar a Memória e a Concentração?

“Na cultura ocidental o conhecimento e aprendizagem estão ligados muitas vezes a coisas externas quando recursos internos são de grande valia nesse processo,” Núbia. Maciel França

 

 

Muitos queixam que absorvem pouco o que lêm e estudam, memorizam ou concentram pouco. Isso acontece porque a educação desde a escola vem “de fora para dentro”.

A palavra latina educação vem de “educcere”, tirar de dentro, extrair.

A maneira mais simples para se obter a educação subjetiva é o relaxamento, a meditação. Ambas levam a “expansão da consciência.”

O remédio mais barato do mundo é a respiração, ao respirar profundamente diminuímos a tensão, o nível de cortisol e adrenalina no sangue, equilibramos o sistema nervoso, psíquico, emocional. Nossa pulsação volta ao normal e nossos pensamentos fluem  melhor, o que nos leva a tomar decisões mais assertivas.

Quando estamos ansiosos, apressados, irritados perdemos o foco e a concentração, entramos em estado de stress, chegando muitas vezes a exaustão. A mente fica descontrolada e o corpo começa a adoecer .

Como dizem, “mente sana, corpo sano”.  Embora no ocidente ainda poucos acreditam e praticam o relaxamento e a respiração estes métodos entre todos os outros como exercício físico, hábitos saudáveis deveriam estar no topo da escala de controle da saúde mental e física.

Ao lidarmos com a vida no dia a dia nosso cérebro funciona em estado Beta (vigília) ao respirarmos profundamente, relaxamos e entramos em estado Alfa, mudamos a frequência do cérebro o que reflete em nossa mente e corpo.

Os benefícios são imediatos, aumenta a imunidade do corpo, concentração, memória, libera endorfina  tirando nos de um estado de confusão, tensões e preocupações que nos levam perder o foco e os neurônios ficarem dispersos.

O estado Alfa aumenta a imaginação, a intuição,  a capacidade de resolver problemas,  a tranquilidade e acelera o processo de cura e  de rejuvenescimento.

Experimentamos Alfa quando dormimos para que possamos ter uma melhor qualidade de sono e reestruturação dos tecidos do nosso corpo .

No  Japão é utilizada a respiração diariamente, as empresas praticam o relaxamento assim que os funcionários chegam para a jornada de trabalho.

Relaxando vivemos mais felizes e  aumentamos nossa qualidade de vida.

Pare! Invista em você.

 

 

 

Exercícios combatem transtornos emocionais

Como os Exercícios Podem Ajudar os Transtornis Emocionais?

Aula de Pilates no Espaço Kaizen. Todos os direitos reservados Foto: Espaço Kaizen/ HT Pilates

Praticar exercícios físicos só nos faz bem. Lembra que falamos aqui que o Pilates ajuda a prevenir e tratar a depressão? Pois é, a prática de atividades físicas pode combater vários transtornos emocionais comuns para muita gente. Melhora a autoestima, desestressa e até aumenta a libido. Olha só:

Estresse

Os exercícios servem como uma válvula de escape para o estresse do dia a dia. Eles liberam a endorfina, uma substância que regula as nossas emoções. Modalidades que envolvem a respiração e a concentração são fundamentais para o alívio de tensão e estresse.

Pânico

De acordo com o portal Minha Vida, a atividade física regular ajuda a acalmar as pessoas que sofrem ataques de pânico. A causa também é a endorfina, que tem efeito calmante no organismo.

Leia também:
Melhore a sua qualidade do sono praticando Pilates
7 motivos para praticar atividade física

Autoestima

Ver o post original 170 mais palavras

Amigos ou Boa Alimentação? O Que é Mais Saudável.

Especialista em medicina psicossomática e professor da Universidade Técnica de Munique Peter Henningen enfatiza que o alimento emocional trabalha as áreas do cérebro.O toque amoroso e delicado tem enorme impacto sobre o cérebro ele é detectado pelas fibras nervosas específicas traduzindo estímulos como sons ,cheiros,sabores e toques em emoções.A partir dessas informações diminui hormônios stressores , aumentando o bem estar liberando noradrenalina neurotransmissor responsável pelo sistema de alerta e vigília protegendo o envelhecimento dos neurônios do hipocampo, que ocorre ao longo da vida.

Um simples abraço aumenta a liberação de oxitocina,hormônio que facilita a aproximação entre as pessoas,reduz medos e fobias e nos torna mais confiantes. amigos

A presença de um “outro na nossa vida “ensina” o cérebro a formar uma resposta saudável diante das adversidades, estimula o otimismo, regula a ansiedade e respostas exageradas ao stress.

Mais curioso é que o afeto, carinho se propaga de uma geração para outra se recebemos carinho, desde cedo o cérebro alcancará uma melhor “regulagem” do sistema de resposta a situações difíceis que causam medo e ansiedade.E também criará mais possibilidade de desenvolver relacionamentos afetivos no futuro.

O que sentimos é resultado da capacidade do cérebro de alterar a si mesmo e ao corpo à simples visão de uma pessoa , animal ou objeto.

A inserção social e a certeza de que é possível contar com amigos,desfrutando de uma relação de apoio e troca, muitas vezes é até mais importante que os alimentos que ingerimos.Uma comida saudável quando estamos deprimidos traz menos benefício que uma costeleta de porco quando estamos otimistas,diz o Dr. Peter Henningen.

Relações afetivas estáveis estimulam a saúde mental e física e até prolongam a vida, pesquisa realizada na Escola de saúde pública de Harvard provaram que a substância interleucina6 causadora de doenças cardiovasculares são muito menores no organismo de pessoas que convivem sendo o inverso com os solitários.

O afeto, o carinho, a confiança mútua, o estar juntos, o companheirismo, a troca, o sentir amado, a inclusão, o grupo nos faz sentir ser humanos .Resgata os sentimentos primários adquiridos desde o ventre materno quando nos sentíamos protegidos e cuidados.

O amigo nos traz o primeiro e mais saudável alimento, o amor.Quando nos sentimos equilibrados conseguimos nos amar e amar o outro.

A alimentação é resultado do nosso equilíbrio psiquícoemocional.

%d blogueiros gostam disto: