O Bom de Viver.com.br

Início » Posts etiquetados como 'neurociência'

Arquivo da tag: neurociência

O Cérebro pode nos Levar a inassertividade?

Primeira impressão é a que fica: cientistas descobrem onde
Em artigo na Nature Neuroscience, cientistas descrevem descoberta de circuitos neurais envolvidos na impressão formada quando uma pessoa conhece outra.[Imagem: Schiller 

Estudos científicos recentes comprovam a veracidade do velho ditado, ” a primeira impressão é que fica”.  Leia a matéria na íntegra.

 

Codificação das informações sociais

 

Um grupo de cientistas nos Estados Unidos identificou os circuitos neurais envolvidos na formação da primeira impressão em uma pessoa ao conhecer outra. A descoberta, que mostra como as informações sociais são codificadas e avaliadas ao fazer tais julgamentos, foi publicada neste domingo (8/3) no site da revista Nature Neuroscience.

Interações sociais são processos complexos do ponto de vista neurológico. Quando uma pessoa é apresentada a outra, frequentemente avalia rapidamente se gostou ou não do indivíduo que acaba de conhecer, mesmo que o processo seja inconsciente.

A primeira impressão fica

Estudos anteriores demonstraram que, como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica: avaliações relativamente acuradas e persistentes são feitas com base em observações rápidas, muitas vezes de menos de meio minuto.

O novo estudo, feito por pesquisadores das universidades de Nova York, Tufts e Harvard, investigou os mecanismos cerebrais que dão suporte às impressões formadas imediatamente após conhecer alguém. Os autores montaram um experimento no qual examinaram a atividade do cérebro nesses momentos.

Características pessoais

Foram apresentados perfis escritos de 20 indivíduos fictícios, ou seja, 20 diferentes características pessoais, a 19 voluntários. Os perfis foram entregues junto com fotos de cada um dos indivíduos e incluíam cenários indicando traços positivos (como “inteligente) e negativos (como “preguiçoso”).

Após ler os perfis, foi perguntado aos participantes o quanto eles gostaram ou não de cada um. As impressões variaram dependendo de quanto cada participante valorizava os diferentes traços positivos e negativos envolvidos. Por exemplo, se um participante dava mais importância à inteligência do que à preguiça, caso os dois traços fizessem parte do mesmo perfil a impressão formada era positiva.

Durante o período de formação das impressões, a atividade do cérebro dos participantes foi observada por meio de ressonância magnética funcional. Com base nas notas dadas pelos participantes aos perfis, os pesquisadores puderam determinar as diferenças nas atividades cerebrais ao encontrar informações que eram mais importantes na formação das primeiras impressões.

Amígdala e córtex cingular

As imagens resultantes mostraram atividade significativa em duas regiões do cérebro. A primeira foi a amígdala, a pequena estrutura arredondada na superfície anterior do cerebelo que estudos anteriores ligaram ao aprendizado de objetos inanimados e a avaliações sociais baseadas em grupos familiares ou de confiança. A segunda região identificada foi o córtex cingular posterior, que atua em decisões relacionadas a dinheiro ou a recompensa.

“Mesmo quando encontramos muito brevemente alguém que não conhecemos essas regiões apresentam grande atividade, resultando em uma primeira impressão instantânea”, disse Elizabeth Phelps, professora da Universidade de Nova York e uma das autoras do estudo.

Vamos Malhar? Sem fazer Exercícios, Aumente Seus Neurônios.

malhar cérebroPodemos treinar nosso cérebro para maximizar sua eficiência. Como malhamos o corpo podemos “malhar” o cérebro e expandir a nossa mente.

Ao trabalhar o cérebro retardamos o envelhecimento, prevenimos a perda da memória , aumentamos a capacidade de concentração estimulamos as células nervosas contribuindo para o fortalecimento e agilidade cerebral.

O cérebro tem uma plasticidade fazendo com que fique apto para receber novas informações. Está programado para receber estímulos novos, pesquisas afirmam   novos conhecimentos ajudam mudar os pensamentos .  Mudança de pensamento modula as ondas cerebrais quebrando paradigmas e levando as pessoas a novos padrões de comportamento.

Mudar é estar em constante ativação cerebral. Pensamentos são só pensamentos , pensamentos podem ser mudados. Muitas vezes buscamos escolhas ruins por ignorar os fatos   ou por ficarmos presos a crenças sem questionarmos os valores e a importância dessas idéias nas nossas vidas.

Terapia cognitiva, terapia do conhecimento. Conhecer é preciso para viver melhor, conhecer a si mesmo, as coisas, o que se passa, os fatos, os sentimentos, o mundo que nos cerca. Abrir-se para o novo para que o velho experiente se ajunte com o novo e recrie um novo olhar cerebral e mental.

Assim como um personal trainer propôe uma rotina equilibrada, com trabalho cardiovascular, de força e flexibilidade, a idéia é estimular a cognição, fortalecer todos os sentidos e criar novas ramificações nas células nervosas que compõem a base da memória.

Meditar, fazer relaxamento, ouvir música, lêr, dançar, vêr filmes, contar ( h)estórias, conhecer algo novo, sentir – se no presente focando nas experiências ao vivenciá-las ativa os neurônios tornando seu cérebro mais ágil,saudável e eficáz.

 

Fonte: Revista Trip

por Márcia de Luca

O que é Hipnose? Como a Auto Hipnose Pode Te Ajudar .

hipnose                                                                                  O que  é auto hipnose?

O processo da hipnose é uma auto hipnose, vivenciamos um estado hipnótico quando entramos em contato com nosso interior, de uma forma intensa,  quando focamos nossa atenção para o que estamos fazendo mas sem perder o contato com o mundo. Quando nos percebemos ouvindo ou discutindo sobre determinado assunto podemos entrar em estado hipnótico.

Dançando,vendo um filme, sonhando acordado, pensando em algo que absorve totalmente nossa atenção, imaginando algo ,acontece um transe hipnótico. Diferentemente da crença que as pessoas têm ao ver um hipnotizador de palco a hipnose é algo bem diferente disto.

Podemos dizer que ao entrar em transe hipnótico a pessoa passa pela experiência do estado de vigília para o estado adulterado de consciência o que é diferente de um estado alterado de consciência no qual  a pessoa ficaria a mercê do profissional .

Ao entrar em um transe hipnótico a pessoa pode sentir que está dormindo por relaxar profundamente. O profissional percebe os sinais oculares, corporais e a respiração  o que indica se a pessoa está em transe hipnótico ou não.

Todas as pessoas entram em transe hipnótico? Nem sempre, algumas são mais resistentes, ansiosas mas com um contato maior com o profissional, criando um vínculo entre o profissional e o cliente de maior confiança e cada vez mais que o  cliente passa a entender melhor o processo a tendência é diminuir a resistência evoluindo para a realização do processo.

O trabalho da hipnose consiste em trabalhar a mente e o cérebro, abrir portas que estão fechadas. O  cérebro é dividido pelo hemisfério direito  que é responsável pelas nossas vontades, desejos, símbolos , sonhos e emoções se parece com o nosso “inconsciente”. O hemisfério esquerdo é responsável pelo raciocínio lógico, ele analisa, cria as palavras e idéias e os detalhes das coisas.

O hemisfério direito trabalha com o pensamento automático, o esquerdo com o pensamento crítico.

Ao lidar com essa realidade deparamos com  um dilema que na maioria das vezes se torna o fator crucial dos problemas da humanidade , cada pessoa acredita que a sua verdade é a que prevalece ou seja , tem certeza que está com a razão e que o outro está errado no seu jeito de pensar ou comportar. O que é ingênuo acreditar em tal premissa pois ao lidar com  esses “dois” cérebros podemos perceber que há uma diferença no perceber e raciocinar de cada um. A justificativa de tal premissa é uma questão  fisiológica.

Como na música do  Caetano Veloso, ” Os olhos da cobra é verde , hoje foi que arreparei, se arreparasse a mais tempo não amava quem amei.”

O hemisfério esquerdo está ligado ao “tem que”, o direito ao sentir e evitar a frustração.O processo da hipnose é trabalhar esses dois hemisférios ajudando a pessoa equilibrar a razão e a emoção.

O profissional ao trabalhar com a hipnose lança mão de várias técnicas para indução do transe e posteriormente utilizar a terapia da hipnose. A respiração a priori é muito importante, como a linguagem hipnótica e ferramentas próprias.

É um processo sério, muito profundo, com excelentes resultados onde o cliente pode desfrutar saudavelmente de uma terapia do seu modo, no seu tempo, sem  se sentir invadido,  buscando o auto conhecimento e solução das suas dificuldades.

 

 

Fontes: Auto Hipnose, Robles, Tereza

Abia, Jorge

 

 

 

 

 

 

Como Dormir Soluciona Problemas?Dicas.

Gostaria de saber se naHistória do mundo alguém fez greve de sono? Se vocês leitores souberem por favor me informem.

sono

O velho ditado, “nada melhor que uma boa noite de sono” para resolver um problema realmente é verdade.Comprovado pela neurociência o sono organiza a mente .”Dormir e pensar no assunto” é uma ótima solucão para nossos problemas .

Enquanto dormimos o cérebro continua em atividade, processa e seleciona informacões vivenciadas durante o dia; fortalece o sistema imunológico, fixa aprendizados, melhora a memória selecionando as lembrancas que devem ser esquecidas e possibilita a solucão de problemas que nos afligem durante a vigília.

Isto tudo acontece porque o cérebro continua processando as informacões que vivenciamos durante a vigília enquanto dormimos. Além de vivenciá -las, ordena e as grava para que facam sentido na nossa vida e possamos aproveitá-las no futuro.

Os cientistas acreditavam que ao dormirmos o cérebro desligava mas com as pesquisas dos fisiologistas Eugene Aserinsky e Nathaniel Kleitman, da Universidade de Chicago, essa realidade mudou radicalmente . Estes fisisiologistas descobriram as variacões das atividaes cerebrais durante o sono.Na fase REM ,as ondas cerebrais são muito semelhantes as das produzidas durante a vigília.

Com a evolucão no estudo do sono descobriram que durante o sono de ondas lentas os neurônios funcionam de forma diferente do sono REM.Conclusão nas 24 horas do dia o nosso cérebro trabalha normalmente.

Descanso obrigatório, enquanto estamos adormecidos o sistema nervoso realiza as etapas mais difíceis de uma tarefa até torná-las automáticas, durante o período de sono regular ou seja no mínimo de seis horas por noite.O cérebro aprende enquanto dormimos, seleciona e equilibra lembrancas conflitantes “decidindo” o que devemos vivenciar ou não.

O sono tem um papel essencial na memória emocional, isso acontece em funcão das mudancas nas conexões sinápticas através de uma potencializacão de longo prazo, que fortalece as ligacões neuronais.

Dormir pouco prejudica os processos cognitivos. Portanto para a terapia cognitiva beneficia dessas descobertas da neurociência que se tornam relevantes, sendo que a cognicão (conhecimento), depende essencialmente de ferramentas e da memória mnêmica para que o cérebro e a mente possam equilibrar-se como ponto de partida no processo da terapia .

Durante o sono a “escuridão” tem um papel importante pois há uma liberacão de hormônio e o organismo passa por uma “faxina”, daí a importância de dormir bem para que possamos vivenciar os vários ciclos do sono.Como cita Nuno Cobra, se os “faxineiros” chegam e estamos acordados parte do organismo fica sem a limpeza necessária.

Durante o sono podemos ter insigts, evocarmos lembrancas, recordar fatos como levantar de manhã e lembrarmos onde deixamos certo objeto que não conseguíamos saber anteriormente. Resolucão de problemas e ativar a mémoria dedutiva também acontece ao dormirmos o que favorece o pensamento crítico e a intuicão na vida diária.

Porque se torna essencial dormir? Para a mémoria é essencialmente necessário pois o cérebro precisa desligar dos estímulos externos para os recursos cerebrais serem ativados. Emocionalmente os conteudos dos sonhos os conteúdos são muito ricos de significados e acretitamos que a mente tem uma parte sábia que trabalha para a resolucão de nossos problemas.Os outros benéficios citados aproveitam também de uma boa noite de sono.

Dicas: Procure dormir no mesmo horário .

Pelo menos 3 vezes por semana durma por volta das 11 hs da noite.

Faca refeicões leves antes de dormir.

Procure dormir no escuro ou seja com as luzes apagada.

Evite ingerir muito líquido antes de dormir para não acordar no meio da noite.

Evite programas e leituras pesadas ou trágicas antes de dormir.

Anote o que tem que fazer ou que te preocupa para evitar de pensar ao deitar.

Crie uma rotina para dormir

Dormir para o dia nascer feliz!

%d blogueiros gostam disto: